FANDOM


CEP 2 (Rodoviária da Beira Litoral)
RN2143

RN 2143, ex-Adelino Pereira Marques nº 143, (C) Carlos Lima (http://rn.com.sapo.pt/)

Criação 1976, através do COP 2
Área de Exploração Beira Litoral
Dimensão 400 autocarros
Privatização 1993
Nome na era RNIP, Privatização e Pós-Privatização Rodoviária da Beira Litoral e mais tarde Transdev Centro (2000)

O CEP 2 foi criado como uma subdivisão da Rodoviária Nacional, encarregada de explorar os corredores da Beira Litoral, entre o norte de Leiria, Coimbra, Aveiro e o Oeste de Viseu.

Mais tarde em 1990, consequentemente após a criação da RNIP, é transformada em Rodoviária da Beira Litoral, da qual-se mantém o nome, mesmo após a prizatização em 1993, onde é vendida ao Grupo Barraqueiro.

Em 2000, já depois da privatização, o antigo CEP 2 volta a mudar de nome, desta vez para Transdev Centro, visto que foi comprado pela Transdev à Barraqueiro.

Empresas NacionalizadasEditar

Das quais que se podem destacar, temos as seguintes:

  • Adelino Pereira Marques, Lda., (Pedrógão Grande)
  • Barreiros, Lda. (por aquisição da Adelino Pereira Marques - Figueiró dos Vinhos)
  • Oliveiras - Transportes e Turismo, S. A. R. L. (Águeda)
  • Empresa de Transportes Mecânicos Luso Buçaco, Lda. (Luso - Adquirida pela Adelino Pereira Marques, posteriormente pela Claras Transportes)
  • Claras Transportes, S. A. R. L. (alguns autocarros e algum pessoal gestor)
  • Amândio Ferreira e Irmão, Lda. (por aquisição da Adelino Pereira Marques)

Era RNIPEditar

Em Janeiro de 1990, a RN, EP é transformada em Rodoviária Nacional, Investimentos e Participações S.A., onde os CEPs são transformados em empresas rodoviárias autónomas, criando assim um Holding com várias empresas. Isto tudo com vista á privatização, onde as empresas até obtém personalidade júridica própria. Com efeito, o CEP 2 passa a Rodoviária da Beira Litoral S.A., com sede em Coimbra, mantendo o nº 2 como dígito inicial de um conjunto de 4. A RBL, tal como a RNIP, mantinha-se na posse do Estado Português.

Privatização e Pós-PrivatizaçãoEditar

Em 1993, a 27 de Julho, é privatizada a RBL, resultado da transformação do CEP 2 em rodoviária autónoma, e vendida a um conjunto de empresas, das quais a Caima, a Resende, a RENEX (gerida pelo grupo Barraqueiro), da qual a Caima familia Neves ficou a gerir. Ainda assim esta companhia manteve o nome.

Na década de 2000, a RBL troca de mãos, desta feita para a Transdev, mudando de nome para Transdev Centro, mantendo o esquema de numeração já referido, bem como alguns autocarros.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória